Reeducação Alimentar: Como Começar

reeducação alimentar como começar

Quer fazer uma reeducação alimentar? É indiscutível que saúde é o bem mais precioso de qualquer ser humano. E é, também, consenso entre médicos e especialistas em nutrição que uma alimentação saudável e a prática frequente de exercícios físicos são hábitos imprescindíveis para se manter a saúde sempre em perfeitas condições.

No entanto, a correria imposta a cada um de nós pelos inúmeros compromissos do dia a dia dificulta a manutenção de uma boa alimentação como prática diária.

Mas, ao contrário do que muita gente pensa, fazer uma redução alimentar é bem mais fácil do que parece e os benefícios serão sentidos por toda a vida, que, logicamente, será mais saudável e prazerosa.

Aprender a se alimentar bem e de forma correta, ensinam os nutrólogos e nutricionistas, não significa passar fome nem se privar, por exemplo, de delícias como doces e chocolates. Nada disso.

Um dos segredos é dividir as grandes refeições em várias ao longo do dia. Fazer várias refeições diárias, em intervalos de, no máximo, três horas entre uma e outra.

Utilizar chás que ajudam a desintoxicar o corpo, regular os intestinos e baixar a pressão sanguínea também auxiliam numa boa digestão podem favorecer um melhor aproveitamento dos alimentos, como o chá 17 ervas, por exemplo.

Ao se levantar, tome um café da manhã balanceado, com uma fruta, como mamão, ou melão, um copo de suco de laranja, uma fatia de pão integral e uma fatia de queijo branco. Vale também uma xícara de café com pouco açúcar.

Antes do almoço, no meio da manhã, faça um pequeno lanche, coma uma fruta ou tome um iogurte light, por exemplo. Não deixe a fome apertar, para que na mesa do almoço você esteja a ponto de devorar centenas de calorias em carboidratos. Isso é o que deve ser evitado.

Semple inclua alimentos ricos em fibras.

Prato saudável no almoço para uma reeducação alimentar

Aí, sim, chega a hora do almoço e você, já tranquilo por ter feito um lanche há pouco tempo, prepara um prato saudável, com apenas uma colher de arroz, integral, de preferência, outra de feijão, um bife grelhado de frango ou outra carne magra, muitas folhas verdes e legumes ao vapor.

No lanche da tarde, você pode optar por outra fruta, por uma castanha do pará, damascos secos (quatro unidades, no máximo). Mais tarde, o jantar, no qual você pode saborear outra colher de arroz integral, carne grelhada, muita verdura e legumes.

E, pensou que havia acabado? Nada disso! Ainda tem a ceia. Que tal uma fatia de torrada ou de pão integral com requeijão light ou uma barrinha de cereais? Para quem está morrendo de vontade, há ainda a opção de dois pedacinhos de chocolate amargo.

Reeducação alimentar prolonga a vida

reeducação alimentar como começar

Outras dicas para uma reeducação alimentar

– Procure fazer exercícios físicos com frequência

– Tome pelo menos dois litros de água diariamente

– Evite ingerir líquidos durante as refeições

– Coma devagar, aumenta a sensação de saciedade

– Consuma mais alimentos integrais

– Faça atividades que lhe dão prazer

SUGESTÃO DE CARDÁPIO

CAFÉ DA MANHÃ:

– Uma xícara de café

– Uma fatia de pão integral

– Uma fatia de queijo branco

– Um pedaço de mamão

LANCHE DA MANHÃ

– Uma fruta ou um iogurte light ou uma castanha do pará

ALMOÇO:

– Uma colher de arroz integral

– Uma colher de feijão

– Um bife de frango grelhado

– Folhas verdes à vontade

– Legumes grelhados

– Tempere com azeite e pouco sal

LANCHE DA TARDE

– Uma fruta ou quatro damascos desidratados ou uma barrinha de cereais

JANTAR

– Uma colher de arroz integral

– Uma carne vermelha grelhada

– Legumes e verduras à vontade

CEIA

– Uma torrada

– Geleia light

– Uma xícara de chá

Viu como não é nada difícil fazer uma reeducação alimentar?